Monthly Archives: junho 2020

  • 0

Nuvem de gafanhotos: praga ainda pouco conhecida exige monitoramento e preocupa autoridades no Brasil

Category : Editorial , Notícias

nuvem de gafanhotos que chegou à Argentina e se aproxima do Brasil preocupa pesquisadores e autoridades brasileiras por ser uma praga ainda pouco conhecida e que é capaz de causar danos enormes às lavouras agrícolas.Antes de chegar à Argentina, a nuvem de gafanhotos passou pelo Paraguai e, por lá, destruiu plantações de milho. De acordo com monitoramento da Argentina, os insetos devem seguir em direção ao Uruguai.

  • 0

Brasil tem 1.185 novos óbitos pela Covid-19 nas últimas 24h

Category : Editorial , Notícias

O Ministério da Saúde divulgou novos dados sobre a Covid-19 nesta quarta-feira (24). Nas últimas 24h, o Brasil registrou 1.185 óbitos e 42.725 novos casos, totalizando 53.830 mortes, além de 1.188.631 infectados. O país também soma 649.908 recuperados da doença.Na detecção de novos casos da doença, foram 42.725 novos diagnósticos confirmados totalizando 1.188.631. O acréscimo de pessoas infectadas marcou uma variação de 3,7% sobre o número de ontem, quando constava o total de 1.145.906 de pessoas infectadas.Do total, 484.893 estão em observação, 649.908 foram recuperados e 3.904 mortes estão em investigação.Os estados com maior número de óbitos são São Paulo (13.352), Rio de Janeiro (9.295), Ceará (5.815), Pará (4.726) e Pernambuco (4.425). Ainda figuram entres os com altos índices de vítimas fatais em função da pandemia Amazonas (2.710), Maranhão (1.836), Bahia (1.541), Espírito Santo (1.463), Alagoas (938) e Paraíba (828).Os estados com mais casos confirmados da doença são São Paulo (238.822), Rio de Janeiro (103.493), Ceará (99.578), Pará (91.708) e Maranhão (73.314). Via: Agência Brasil

Site:Guia Pernambuco


  • 0

Pernambuco registra mais de 1.500 curas nas últimas 24h

Category : Editorial , Notícias

A Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (SES-PE) registrou, nesta segunda-feira (22), mais 1.510 curas clínicas de pacientes que contraíram a Covid-19. Com isso, o número de recuperados no Estado passou para 35.462, dos quais 8.361 são pessoas que manifestaram sintomas graves da doença, enquanto 27.101 foram casos leves. Nesta segunda, foram adicionados ainda mais 381 casos de infecção pelo novo coronavírus, sendo 250 casos leves e 131 enquadrados como Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag). Assim, já são 52.494 casos confirmados no Estado – 18.229 graves e 34.265 leves. Até o momento, 4.252 pessoas não resistiram à doença. 

Graves Entre os casos graves ativos da Covid-19 no Estado, 665 evoluíram de forma positiva, receberam alta hospitalar e concluem tratamento em isolamento domiciliar. Outros 4.951 encontram-se internados, sendo 4.608 em leitos de enfermaria e 343 em regime de terapia intensiva (UTI). Até agora, os casos graves notificados da doença estão distribuídos em 175 municípios pernambucanos, além do Arquipélago de Fernando de Noronha e da ocorrência em pacientes de outros estados e países.

Óbitos Nesta segunda-feira, foram adicionados 18 novos óbitos pela Covid-19 no Estado (oito pacientes do sexo masculino e 10 do sexo feminino). Essas pessoas eram residentes dos municípios de Agrestina (1), Calumbi (1), Camaragibe (1), Garanhuns (2), Gravatá (1), Igarassu (1), Jaboatão dos Guararapes (2), Limoeiro (1), Paulista (1), Petrolina (1), Recife (4) e Vitória de Santo Antão (1), além de um paciente de outro estado. Os óbitos aconteceram entre os dias 8 de maio e 21 de junho, e os pacientes tinham idades entre 45 e 85 anos – 40 a 49 (1), 50 a 59 (3), 60 a 69 (6), 70 a 79 (6), 80 ou mais (2). Das 18 vítimas, 14 apresentavam comorbidades confirmadas: hipertensão (8), diabetes (7), doença cardiovascular (6), obesidade (2), tabagismo/histórico de tabagismo (2), histórico de AVC (1), doença de Alzheimer (1) e câncer (1) – um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Um não possuía doenças pré-existentes e os demais estão em investigação pelos municípios.

Leitos A rede de Saúde Pública de Pernambuco reúne, nesta segunda, 1.713 leitos destinados ao atendimento de pacientes com quadros suspeitos ou confirmados da Covid-19, dos quais 968 são enfermarias e 745 são Unidades de Terapia Intensiva. A taxa de ocupação média é de 58%, sendo 43% nas enfermarias e 83% nas UTIs. 

Profissionais Até o momento, 32.471 profissionais que atuam nos serviços ligados ao campo da saúde foram notificados para exames após manifestarem sintomas de síndromes gripais. Desses, 14.809 receberam diagnóstico positivo, enquanto 17.295 tiveram resultado negativo. Há ainda 122 amostras aguardando processamento laboratorial. Via: Folha PE

Site:Guia Pernambuco


  • 0

Casa de Bolsonaro é alvo de busca e apreensão em operação das “rachadinhas”

Category : Editorial , Notícias

Uma das casas que constam na relação de imóveis apresentada por Jair Bolsonaro durante a campanha eleitoral foi um dos endereços alvo de mandado de busca e apreensão da Polícia Civil de São Paulo. A ação ocorre no mesmo dia em que o ex-assessor do filho do Presidente, Fabrício Queiroz, foi preso no interior de São Paulo. Além da prisão, policiais civis e promotores fazem busca e apreensão no imóvel em que Queiroz foi encontrado e em outros endereços de investigações no Rio de Janeiro. O ex-assessor de Flávio deve ser transferido para o Rio de Janeiro ainda nesta quinta-feira. A Operação Anjo é coordenada pelo Ministério Público do Rio de Janeiro.Contra outros suspeitos de participação no esquema da “rachadinha”, o MP-RJ obteve na Justiça a decretação de medidas cautelares que incluem busca e apreensão, afastamento da função pública, o comparecimento mensal em juízo e a proibição de contato com testemunhas. São eles o servidor da Asssembleia Matheus Azeredo Coutinho, os ex-funcionários Luiza Paes Souza e Alessandra Esteve Marins e o advogado Luis Gustavo Botto Maia.Via: O Povo com a Notícia

Site:Guia Pernambuco


  • 0

Assaltantes de bancos são mortos em troca de tiros com a polícia na Paraíba

Category : Editorial , Notícias

Uma intensa troca de tiros com a polícia terminou com a morte de assaltantes na madrugada desta quarta-feira (17/06), por volta das 02h00, na cidade de Areia, no Brejo paraibano.Ao menos seis deles morreram, dois saíram feridos e três foram presos durante a ação da polícia militar.As primeiras informações são de que um grupo de bandidos (em torno de 13) chegou a cidade com objetivo de furtar dinheiro do Banco do Brasil ou Caixa Econômica e foi surpreendido pela polícia.Conforme o comandante do 15ºBPM, major Benevides, a Polícia Federal havia passado informações de que era dada como certa a investida de assaltantes em uma instituição bancária na área do 15ºBatalhão.Baseada nesta informação, a PM se preparou e ficou a espera da quadrilha.Nesta madrugada não houve como o bando agir e foi desmantelado pela pronta ação da polícia.Uma picape, quatro armas de grossos calibres, explosivos, dois revólveres entre outros objetos foram apreendidos.Nenhum policial se feriu.Os assaltantes  espalharam grampos nos acessos à cidade para dificultar o enfrentamento com a polícia, mas de nada adiantou. A ação contou com cerca de 40 militares do Batalhão, do GATE e do GEOsAC. Os assaltantes também usaram serras elétrícas para cortar árvores numa das rodovias de acesso a Areia.A polícia está fazendo uma varredura na região em busca do resto do bando.Os ladrões são da Paraíba, Rio Grande do Norte e São Paulo.Via:renatodiniz

Site:Guia Pernambuco


  • 0

Polícia Militar detém jovens por furto e receptação de ventiladores de escola em Salgueiro

Category : Editorial , Notícias

Em operação conjunta com o NIS-3 e GATI nessa segunda-feira, 15, policiais militares levaram para a Delegacia de Polícia Civil três jovens acusados de envolvimento no furto e receptação de ventiladores subtraídos de uma escola no bairro Planalto, em Salgueiro. A polícia fez a operação após receber denúncias.Inicialmente a PM localizou um rapaz de 19 anos, que alegou ter comprado dois ventiladores de parede por R$ 40,00 a um indivíduo de 20 anos e o terceiro com outro morador da comunidade. Ele ainda confessou que tinha vendido um dos ventiladores a um jovem de 18 anos.Os policiais encontraram o rapaz apontado como vendedor primário da mercadoria e ele admitiu que havia furtado os ventiladores de uma escola do bairro Planalto. Após confessar, foi levado à delegacia com os outros dois envolvidos, onde a autoridade policial instaurou inquérito para investigar o crime.Via:Alvinho Patriota

Site:Guia pernambuco


  • 0

Rompimento de barragem deixa mais de 1,2 mil desalojados no Agreste

Category : Editorial , Notícias

Velhos fantasmas voltaram a assombrar moradores do município de Barra de Guabiraba, no Agreste pernambucano, nesta segunda-feira (15). Mais de 1,2 mil pessoas precisaram deixar suas casas às pressas após o rompimento de uma barragem na área rural do município vizinho, Sairé. A estrutura que cedeu é a barragem Guilherme Pontes, que é privada e está localizada nas proximidades do Sítio Estivas. Os impactos foram sentidos em cidades do Agreste e também da Zona da Mata do Estado, por onde passa o Rio Sirinhaém.A barragem, que não é cadastrada, é de terra e tem cerca de 8 metros de altura, 120 metros de comprimento e capacidade para acumular 350 mil metros cúbicos de água, de acordo com o Governo de Pernambuco, que monitora o caso. Ela teria enchido após as chuvas que caíram na região nos últimos dias.Coordenador da Defesa Civil de Barra de Guabiraba, Nazareno Maranhão, afirmou que o nível do rio chegou a subir cerca de cinco metros. O volume abaixou durante a tarde, mas, por volta das 20h30, voltou a subir mais dois metros.“Conseguimos evacuar toda a população ribeirinha, em um trabalho que iniciou às 9h. A estimativa é de que 400 famílias, mais de 1,2 mil pessoas, saíram de suas casas para se abrigar em residências de familiares”, explicou. Segundo Maranhão, a expectativa era de que mais água chegasse ao município na noite de ontem. “O prefeito de Sairé (Fernando Pergentino) esteve aqui e disse que a água da barragem ainda não havia chegado de fato aqui. Está chegando. É muita água mesmo.”Morador do município, o comerciante Diogo Lima lembrou que a última vez que a cidade passou por drama semelhante foi em 2017, quando enchentes castigaram Barra da Guabiraba nesta época do ano. “Aconteceu em 2010, depois novamente em 2017. É um problema que o nosso município enfrenta sempre com os níveis altos de chuva, mas que não é resolvido. Foi prometida uma barragem, que não foi concluída pelo Governo do Estado por falta de recursos.” Segundo ele, por volta das 21h o nível de água nas residências já havia alcançado um metro.O prefeito de Sairé, Fernando Pergentino (PSB), confirmou que os problemas na barragem do município ocorreram em decorrência das chuvas. Em 48h, município de Sairé registrou um volume acumulado de chuvas de 112mm, 100% volume total esperado para o mês de junho, de acordo com a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac).”Essa barragem já tem 20 anos que foi construída. Infelizmente, por conta das chuvas, ela não aguentou e acabou sangrando. Quando ela sangrou por cima do paredão, houve o rompimento e trouxe essa água com volume muito grande. Nunca foi visto esse volume de água em Sairé”, disse Pergentino.O gestor informou que os municípios de Barra de Guabiraba e Cortês, na Zona da Mata, que são cortados pelo Rio Sirinhaém, foram alertados. Além dessas cidades, outras como Ribeirão, Gameleira e Sirinhaém podem sofrer os impactos.Morador de Sairé, o assessor parlamentar Idelbrando Pontes contou que a água trouxe transtornos para a população. “Afetou lavouras e as casas ribeirinhas. As pontes também ficaram alagadas e as pessoas acabaram ilhadas, sem a possibilidade de sair.”Em nota, o Governo de Pernambuco informou que a Apac está acompanhando a situação, com o apoio da Secretaria Executiva de Defesa Civil de Pernambuco.A pasta informou que na Central de Atendimento houve o registro de alagamentos em diversas cidades do Agreste e Zona da Mata devido às chuvas, que provocaram deslizamentos de barreiras e deixaram famílias desalojadas. Nesta terça-feira (16) pela manhã visitas técnicas serão realizadas nos municípios atingidos. A Defesa Civil pode ser contactada através dos telefones 199 e 3181-2490 (atendimento 24h).De acordo com a Apac, a previsão do tempo para o Agreste nesta terça-feira (16) é de tempo parcialmente nublado com pancadas de chuva de forma isolada no período da tarde e noite com intensidade fraca a moderada. Via; Jc Online

Site:Guia Pernambuco


  • 0

Brasil passa Reino Unido e se torna o 2º país com mais mortes por Covid-19

Category : Editorial , Notícias

O Brasil atingiu nesta sexta-feira (12) a marca de 41.901 pessoas mortas por Covid-19. Com isso, o país é o segundo com mais óbitos devido à pandemia do novo coronavírus, apenas atrás dos Estados Unidos, que acumulam mais de 100 mil mortes.Foram 24.255 novos casos e 843 mortes registradas nesta sexta-feira em todo pais.Os dados do Brasil foram compilados pelo consórcio entre Folha de S.Paulo, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo, G1 e UOL, em balanço divulgado às 20h desta sexta-feira (12). O levantamento é feito com a coleta de dados das Secretarias de Saúde dos estados.A comparação com os outros países e feita levando em consideração os dados consolidados pela Universidade Johns Hopkins, dos EUA. Até esta sexta, a instituição contabilizava mais de 7 milhões de casos do novo coronavírus em todo mundo e 423 mil mortes.O país chegou a marca de mais de 40 mil mortes menos de três meses após o primeiro óbito por Covid-19, no dia 16 de março, em São Paulo. O primeiro caso de paciente com o diagnóstico da doença foi confirmado em 25 de fevereiro.Desde maio, o Brasil já é segundo o país com mais casos registrados de Covid-19. Atingiu a marca no dia 22 com 330 mil pessoas contaminadas. O número mais do que duplicou, e o país já supera os 800 mil casos confirmados, atrás apenas dos EUA, com mais de 2 milhões de casos.Na sua décima quinta semana de pandemia, o Brasil tem uma taxa de 19 mortos por 100 mil habitantes. Os Estados Unidos, que têm o maior número absoluto de mortos e está cinco semanas adiante na pandemia, e o Reino Unido, que está em sua décima nona semana, têm 34,4 e 62 mortos para cada 100 mil habitantes, respectivamente.Na Argentina, onde a pandemia desembarcou nove dias mais tarde que no Brasil e que seguiu uma quarentena muito mais rígida, o índice é de 1,7 morte por 100 mil habitantes.A iniciativa do consórcio de veículos de compilar e divulgar os dados sobre Covid-19 é uma resposta a atitudes recentes do governo Jair Bolsonaro, que ameaçou sonegar dados, atrasou boletins, retirou informações do ar, deixou de divulgar totais de casos e mortes e divulgou informações conflitantes.Após determinação do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, o portal do Ministério da Saúde que reúne dados sobre a epidemia voltou a informar nesta terça o total de mortes e casos acumulados até o momento. As informações haviam sido tiradas do ar na sexta (5).Nesta sexta (12), o Ministério da Saúde divulgou pouco antes das 19h o balanço oficial da Covid-19. Segundo a pasta, foram registradas 909 mortes nas últimas 24 horas, o que eleva o total de óbitos para 41.828.O governo também apontou 25.982 novos casos do novo coronavírus computados entre esta quinta e sexta-feira. O total de casos confirmados no país subiu para 828.810.Na semana passada, o governo atrasou a divulgação dos balanços oficiais para depois das 22h e o presidente Bolsonaro disse que, com isso, “acabou matéria no Jornal Nacional”.Após forte pressão, houve recuo do governo, o site voltou a funcionar e os balanços estão sendo divulgados no final da tarde.Autoridades no governo, no entanto, passaram a defender uma nova metodologia, em que fosse divulgado o número de mortes que ocorreram no dia, e não o registrado. Na prática, isso significa um balanço diário de óbitos menor, uma vez que muitas mortes só são confirmadas como covid após o falecimento.Apesar da defesa de uma nova metodologia, ela ainda não foi implementada pelo Ministério da Saúde. Via: Folhapress

Site:Guia Pernambuco


  • 0

Pernambuco tem mais de 13 mil casos de coronavírus em profissionais de saúde

Category : Editorial , Notícias

O número de casos confirmados para coronavírus entre os profissionais de saúde em Pernambuco é de 13.297, segundo boletim divulgado nesta quinta-feira (11) pela Secretaria de Saúde.A quantidade de profissionais de saúde que já foram infectados pelo novo coronavírus representa quase 31% do número total de casos confirmados em Pernambuco (42.994 ao todo).O Governo de Pernambuco criou, com a chegada da covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, um protocolo de testagem dos profissionais da área da saúde.As testagens contemplam integrantes das redes pública de saúde, seja estadual ou municipal, ou privada.De acordo com dados oficiais da Secretaria de Saúde, o número de profissionais que testaram negativo para a covid-19 é de 14.328.Números totais Até esta quinta-feira (11), Pernambuco totalizava 42.994 casos confirmados para coronavírus, sendo 16.557 graves e 26.437 leves.O total de mortes pela covid-19 no estado chegou a 3.633 mortes, segundo dados oficiais. Via:Jamildo

Site:Guia Pernambuco


  • 0

Salgueiro – Comunidade do Sítio Uri clama por socorro contra a dengue

Category : Editorial , Notícias

Devido ao número de pessoas diagnosticadas com dengue na localidade, moradores da comunidade do Sítio Uri, em Salgueiro-PE, pedem para que as autoridades de saúde do município tomem providências e mandem o carro fumacê.Segundo relatos de moradores, uma mulher que reside na zona urbana do município, foi ao sítio para se isolar, com medo de pegar Coronavírus, mas na comunidade, a mulher acabou pegando dengue e morreu com o diagnóstico de dengue hemorrágica.O Blog Sertão Central entrou em contato com a Secretaria Estatual de Saúde, onde fomos informados que Salgueiro está com um grande número de infecção de dengue, onde já passam de 1.000 notificações, gerando uma grande preocupação. A coordenação afirmou que já está providenciando o carro fumacê para a comunidade Uri.Vale ressaltar que, o carro fumacê não resolve o problema, cujo esse trabalho só mata os mosquitos adultos, os que já estão voando, não mata as lavas.As autoridades de saúde reforçam os pedidos para que a população ajude no combate ao mosquito Aedes Aegypti, pois mais de 90% dos focos, são registrados dentro das residências.Via:SertãoCentral

Site:Guia Pernambuco


Pesquisar

Visitantes Online

Página Guia Pernambuco

junho 2020
S T Q Q S S D
« maio   jul »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930